quinta-feira, 1 de junho de 2017

MAIS DE 400 NOMES SÃO HOMOLOGADOS PARA ETAPA FINAL DO CONCURSO DA DEFESA SOCIAL. ARAGUAÍNA NEWS

 

Vagas são para o Sistema Socioeducativo. A nomeação e posse dos aprovados serão os próximos e últimos passos para a conclusão do certame.

Um total de 409 nomes foram homologados para participar da etapa final do concurso do Sistema Socioeducativo do Tocantins, sob a tutela da Secretaria da Cidadania e Justiça. A homologação foi decretada na noite desta quarta-feira (31), pelo governador Marcelo Miranda. A nomeação e posse dos aprovados serão os próximos e últimos passos para a conclusão do certame.
Foram aprovados 69 pessoas para os cargos de analista socioeducador, que inclui profissionais do serviço social, terapia ocupacional, direito, enfermagem, medicina clínica, nutrição, odontologia, educação física, pedagogia e psicologia.
Também foram homologados 50 aprovados para os cargos de assistente socioeducativo e 290 para Técnico Socioeducador, sendo 65 mulheres e 225 homens.
O documento aborda também a ocupação das vagas remanescentes, que deve ser realizada através da convocação do cadastro reserva. Essas vagas serão oferecidas de acordo com a reprovação no curso de formação realizado entre janeiro e fevereiro de 2017 e desistência de candidatos no decorrer do processo.
O concurso disponibilizou um total de 1.292 vagas, sendo 844 para o Sistema Penitenciário (técnico em Defesa Social e analista em Defesa Social) e 448 para o Sistema Socioeducativo (técnico socioeducador, analista socioeducador e assistente socioeducativo), que teve o curso de formação realizado em fevereiro.
O concurso
O concurso público para o quadro da Defesa Social e Segurança Penitenciária foi lançado em abril de 2014 e teve cerca de 42 mil inscritos. A prova objetiva foi aplicada em dezembro do mesmo ano.
A primeira etapa esteve à cargo da Secretaria de Estado da Administração (Secad). Após a publicação do resultado final da primeira etapa e da lista dos candidatos aprovados, em julho de 2015, a Seciju articulou a realização da segunda etapa do concurso, com a publicação do curso de formação dos candidatos e a contratação da empresa responsável, através de dispensa de licitação.
O cronograma do curso de formação foi publicado em agosto de 2016 e no mês seguinte, entre os dias 12 e 19 de setembro, ocorreram as matrículas dos aprovados para a segunda etapa do certame.
A realização da segunda etapa foi dividida, com a realização de um curso de formação para o Sistema Penitenciário, ainda em novembro de 2016, o curso de formação do Socioeducativo, em janeiro de 2017.
Após os trâmites, o curso de formação para os candidatos ao Sistema Socioeducativo foi iniciado em 15 de janeiro, ministrado em 30 dias em regime integral e com estágio no Núcleo de Custódia e Casa de Prisão Provisória de Palmas (NCPPP).
O curso de formação do concurso foi marcado por aulas teóricas e práticas, sob regime integral, sem recesso nem feriado, com aulas nos três turnos, estágio supervisionado e visitas orientadas no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Palmas, para conhecimento dos procedimentos de rotina. A prova objetiva foi aplicada no dia 19 de fevereiro e o resultado saiu em 29 de março de 2017.

Fonte: G1 To

Sobre o Autor

Araguaina News

Autor & Editor

Araguaína News é uma página destinada a compartilhar informações com toda a comunidade de Araguaína e Região.

 
ARAGUAÍNA NEWS © 2015 - Editado por: Romilson Gomes | > Templateism.com