sexta-feira, 25 de agosto de 2017

EM ARAGUAÍNA, TESTES RÁPIDOS DE HEPATITES VIRAIS SÃO REALIZADOS EM UNIDADES DE SAÚDE. ARAGUAÍNA NEWS


Unidades básicas de saúde fazem várias atividades para conscientizar a população sobre hepatites virais

Testes são realizados em Unidades Básicas de Saúde de Araguaína Divulgação
Dona Maria Antônia Alves de Sousa, de 55 anos, foi marcar consulta dos seus exames de rotina na unidade básica de saúde do Setor Vila Aliança e aproveitou para fazer o teste rápido para hepatites virais. “Sempre cuidei da minha saúde e quando meu marido morreu de cirrose hepática, toda a família teve que fazer o teste para saber se tinha hepatite C”, explicou dona Maria.
 
Durante esta semana, a Prefeitura de Araguaína realiza várias atividades para conscientizar a população sobre hepatites virais. A campanha contra essas doenças começou na última segunda-feira, 21, e prossegue até esta sexta, 25. O objetivo é divulgar sinais e sintomas das hepatites, sensibilizar e mobilizar o araguainense na prevenção e controle de surto, fortalecendo as atividades de vacinação em áreas ou grupos de maior risco.
 
O cidadão pode procurar as unidades básicas de saúde para fazer os testes de hepatites virais durante todo o ano. “Os testes rápidos estão disponíveis nas nossas unidades básicas, é só procurar a mais próxima da sua casa e agendar”, comentou o coordenador da Vigilância Epidemiológica do Município de Araguaína, Idvânio Veloso.
 
“Somos privilegiados aqui em Araguaína porque nós temos a medicação disponível, temos o médico hepatologista especialista na área e atende no Hospital de Doenças Tropicais (HDT), que é referência na nossa cidade”, disse.
 
Segundo o coordenador, os casos que passaram pelas unidades básicas de saúde, quando confirmados os testes, são encaminhados para a referência e fazem outro teste confirmatório através da sorologia. Após esse procedimento, quando confirmados os casos, são encaminhados para o médico dentro do HDT para o acompanhamento e tratamento.
 
 
Saber para prevenir
Outra que aproveitou a campanha de conscientização foi a funcionária pública Edineia da Silva Rocha, de 47 anos, que nunca tinha feito o teste para hepatites virais. “Me chamou a atenção os informativos sobre as hepatites que foram expostos aqui na unidade de saúde, aí fiquei interessada em fazer o teste. Muitas vezes a gente está com problema e não sabe. Nunca tinha feito e agora fiz. E deu negativo”, comentou Edineia.
 
Esta é a realidade da maioria das pessoas que não tem conhecimento do que são as hepatites virais e só buscam fazer o teste quando se deparam com uma campanha de conscientização sobre o assunto. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde, no Brasil mais de três milhões de pessoas estão infectadas com o vírus da hepatite e 70% dessas pessoas não sabem que são portadoras.
 
Doenças silenciosas
O motivo do não-conhecimento talvez seja porque essas doenças são silenciosas. “As pessoas não conseguem visualizá-la. Como é que vou saber que sou o portador dessa doença? Realizando o teste rápido disponível nas nossas unidades básicas de saúde e também a prevenção através da vacina”, explicou o coordenador.
 
“Por serem doenças silenciosas, nem sempre os sinais, os sintomas são apresentados e quando a pessoa vem perceber, detectar que tem esse problema, sem a realização desses exames, ela já está no estágio avançado, onde o fígado já está comprometido com uma cirrose, com câncer e praticamente vem a óbito”, informou Veloso.
 
Programação
 
Dia 25 (sexta-feira)
19h - Palestra sobre hepatites virais e realização de testes rápidos de hepatite B e C, no Instituto Carlos Chagas (INCAR)

T1 To 

Sobre o Autor

Araguaina News

Autor & Editor

Araguaína News é uma página destinada a compartilhar informações com toda a comunidade de Araguaína e Região.

 
ARAGUAÍNA NEWS © 2015 - Editado por: Romilson Gomes | > Templateism.com