sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

MULHER É PRESA APÓS USAR REDES SOCIAIS PARA AVISAR SOBRE LOCAL DE BLITZ. ARAGUAÍNA NEWS


Ela foi encontrada após a polícia ter acesso a prints de mensagens enviadas por ela. O crime é por atentado contra serviço público e tem pena prevista de um a cinco anos de prisão.

Uma mulher de 30 anos foi presa em Gurupi, no sul do estado, por divulgar a realização de uma blitz em redes sociais. A prática é considerada crime de atentado contra a segurança de serviço público e tem pena prevista de um a cinco anos de prisão. Ela foi encontrada após a polícia ter acesso as mensagens divulgadas por ela em um aplicativo de celular.
Conforme a Polícia Militar, após denúncias na manhã desta quinta-feira (18) os policiais começaram a procurar pela mulher, que foi localizada em uma casa no residencial São José no final da tarde. Ela foi levada para delegacia de plantão, onde foi autuada e presa.
A divulgação de blitz é criminosa porque prejudica a fiscalização de infrações e crimes, como no caso de motoristas que dirigem alcoolizados ou com veículos furtados e roubados. Segundo a Polícia Civil, a mulher continua presa.
Denúncias podem ser feitas pela central de flagrantes da Polícia Civil no telefone 197.


G1 To

Sobre o Autor

Araguaina News

Autor & Editor

Araguaína News é uma página destinada a compartilhar informações com toda a comunidade de Araguaína e Região.

 
ARAGUAÍNA NEWS © 2015 - Editado por: Romilson Gomes | > Templateism.com