quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

VEÍCULOS APREENDIDOS SERVEM DE CRIADOURO PARA MOSQUITO EM ARAGUAÍNA. ARAGUAÍNA NEWS


Carros estão no estacionamento que fica em frente à Delegacia de Plantão e no pátio do Batalhão da Polícia Militar. Em todos os carros vistoriados foram encontrados focos.




Veículos acumulam água e servem de criadouro para Aedes aegypti (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Carros apreendidos em prédio da PM estão servindo de criadouros do Aedes aegypti

Veículos que foram apreendidos e estão no estacionamento que fica em frente a Delegacia de Plantão e no pátio do Batalhão da Polícia Militar, em Araguaína, norte do Tocantins, estão servindo de criadou para o mosquito Aedes aegipty.
Na carroceria das caminhonetes, dentro dos carros com vidros abertos ou quebrados e na lona que deveria evitar o acúmulo de água da chuva. Os lugares mais improváveis são os favoritos do mosquito. E quando todas as condições estão ao lado do inimigo o risco é inevitável.
A zona de guerra contra os focos do Aedes aegypti começa atrás no cemitério onde é recomendado não deixar potes que podem encher com a água da chuva, segue para o estacionamento em frente a Delegacia de Plantão de Araguaína onde ficam os carros apreendidos pela Polícia Civil e vai até um outro depósito de carros apreendidos que ficam no pátio do Batalhão da Polícia Militar. No local estão 635 veículos, 240 carros e 385 motos.
"Grande parte deles são veículos determinados pela Justiça e que a Polícia Militar tem total vontade que seja leiloados. Um dia nós ainda veremos esse pátio vazio e livre desses veículos", afirma o major da PM, Clégio Valadares.
Em todos os carros vistoriados pelos agentes de endemias foram encontrados focos. "Uma criação de mosquitos que está tendo aqui. É um alto risco para a população", superintendente de vigilância sanitária Eduardo Freitas.
Bastam 30 minutos dentro d'água, depois de uma chuva por exemplo, para os ovos do Aedes aegypti virarem larvas. "Quando a gente captura as larvas, leva para o laboratório para fazer análise e saber se elas estão contaminadas ou não", diz o agente de endemias Aldaires Ferreira dos Reis.
Por semana são encontrados cerca de 1.500 focos de mosquitos pela cidade, 70% deles ainda estão dentro de casa. No estacionamento da Delegacia de Flagrantes são mais de 30 carros parados e em pelo menos 10 deles foram registrados focos do mosquito.
"O projeto em si que a gente entende como melhor é fazer com que o judiciário promova o leilão desses veículos e como isso a cada três ou um mês esses veículos vão saindo em maior número e aí a gente deixa de ter aquele acúmulo de veículos no local", diz o delegado Bruno Boaventura.

G1 To

Sobre o Autor

Araguaina News

Autor & Editor

Araguaína News é uma página destinada a compartilhar informações com toda a comunidade de Araguaína e Região.

 
ARAGUAÍNA NEWS © 2015 - Editado por: Romilson Gomes | > Templateism.com