terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA REALIZA OPERAÇÃO PARA EVITAR FRAUDES EM PESCADOS NO TOCANTINS, DISTRITO FEDERAL E OUTROS 11 ESTADOS. ARAGUAÍNA NEWS


Os resultados das amostras coletadas sairão em meados de março, antes da Semana Santa. Elas serão encaminhadas ao laboratório Lanagro, em Goiânia, que realizará o sequenciamento genético do material, para verificar qual a espécie de peixe que se encontra na embalagem dos produtos.
Imagem
No ano passado, operação resultou em de 96% de conformidade em amostras nacionais e 100% em amostras de produtos importados (foto: Antônio Araújo/Mapa/Divulgação)
Auditores fiscais agropecuários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) realizaram nesta terça-feira (20) a “Operação Semana Santa” em 12 estados e no Distrito Federal, coletando amostras de pescado nacionais e importados, na rede varejista. Esta ação tem por objetivo o controle oficial de eventuais fraudes por substituição de espécies de pescado, quando é embalado um peixe diferente daquele informado no rótulo do produto comercializado.
As coletas de amostras ocorreram nos estados de Alagoas, Ceará, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, São Paulo, Tocantins e no Distrito Federal, simultaneamente. Elas serão encaminhadas ao laboratório Lanagro, em Goiânia, que realizará o sequenciamento genético do material, para verificar qual a espécie de peixe que se encontra na embalagem dos produtos. O Lanagro pertence à rede de laboratórios oficiais do Mapa.
De acordo com o auditor fiscal agropecuário, Paulo Araújo, “infratores poderão sofrer autuações, apreensões de produto e multas. No caso de substituições de espécies de pescado é adotada medida cautelar, regime de controle reforçado na empresa, quando o setor de expedição passa a ser interditado e os produtos são somente liberados para comercialização após análises morfológicas ou laboratoriais”.
O estabelecimento deve, então, revisar seus processos de controle e de rastreabilidade, saindo do regime especial, quando comprovado que foi retomado o autocontrole, com relação a esse tipo de fraude.
Participaram da operação em torno de 50 servidores, entre auditores fiscais agropecuários, agentes de inspeção e técnicos laboratoriais. Os resultados das amostras coletadas sairão em meados de março, antes da Semana Santa.
No ano passado, operação como essa resultou em de 96% de conformidade em amostras nacionais e 100% em amostras de produtos importados, refletindo segurança crescente em relação a anos anteriores desses produtos fiscalizados pelo Serviço de Inspeção Federal. 

(Norte Agropecuário com informação Do Mapa)

Sobre o Autor

Araguaina News

Autor & Editor

Araguaína News é uma página destinada a compartilhar informações com toda a comunidade de Araguaína e Região.

 
ARAGUAÍNA NEWS © 2015 - Editado por: Romilson Gomes | > Templateism.com