quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

SUSPEITOS NO ASSASSINATO DO ADVOGADO DANILO SANDES SÃO OUVIDOS PELA JUSTIÇA. ARAGUAÍNA NEWS


Audiência de instrução está sendo realizada na sede da Ordem dos Advogados em Araguaína. Farmacêutico, dois PMs e um ex-militar estão presos por suspeita de envolvimento no crime.

Suspeitos de envolvimento na morte serão ouvidos em audiência (Foto: Marcos Humberto/TV Anhanguera)

Suspeitos de envolvimento na morte serão ouvidos em audiência (Foto: Marcos Humberto/TV Anhanguera)Suspeitos de envolvimento na morte serão ouvidos em audiência (Foto: Marcos Humberto/TV Anhanguera)
Está sendo realizada na manhã desta quinta-feira (1) a primeira audiência judicial sobre a morte do advogado Danilo Sandes. Os quatro suspeitos do crime e dez testemunhas serão ouvidos durante todo o dia na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Araguaína, norte do Tocantins. A audiência deve definir como será o julgamento dos suspeitos.
Danilo Sandes foi encontrado morto no final de julho de 2017 às margens da TO-222, em estado de decomposição. O crime teria sido motivado por uma herança de R$ 7 milhões que o farmacêutico Robson Barbosa da Costa, de 32 anos, disputava com os irmãos. A polícia afirma que o advogado se negou a participar de uma fraude e foi morto por isso.
Além do farmacêutico, apontado como o mandante do crime, os policiais militares Rone Marcelo Alves Paiva e João Oliveira dos Santos Júnior e o ex-PM Wanderson Silva de Souza também foram presos suspeitos de serem os executores do crime. Eles foram detidos em Marabá (PA) pela Polícia Civil. Todos estão presos preventivamente.






Danilo Sandes foi visto pela última vez em um supermercado (Foto: Divulgação)
Danilo Sandes foi visto pela última vez em um supermercado (Foto: Divulgação)

Entenda

O caso aconteceu em Araguaína, norte do Tocantins, no final de julho do ano passado. Os investigadores acreditam que Robson tenha decidido matar Danilo após ele se recusar a participar de uma fraude. Danilo representava Robson na disputa por uma herança de R$ 7 milhões e não quis ajudar o farmacêutico a esconder parte do dinheiro dos outros herdeiros.
A fraude teria beneficiado Robson, que ficaria com uma parte maior do patrimônio sem que os demais herdeiros ficassem sabendo.
O advogado era responsável por fazer o inventário para toda a família, mas após a discussão deixou de representar Robson. Ao todo, seis pessoas disputam a herança.
Danilo desapareceu na manhã do dia 25 de julho. O amigo do advogado, José Ribamar Júnior, disse que ele foi visto pela última vez em um supermercado. "Ele deixou a mãe dele numa agência bancária, onde ela trabalha, e depois foi tomar café em um supermercado. Por volta das 9h, ele falou com a prima por telefone e disse que iria para Filadélfia, provavelmente resolver alguma questão ligada a um processo".
O advogado foi procurado durante quatro dias. O corpo dele foi encontrado no dia 29 às margens da TO-222, em decomposição. Ele estava apenas de cueca, com marcas de lesões, sangue e fogo, a 18 km de Araguaína, perto de entroncamento com Babaçulândia. A perícia recolheu um par de sapatos encontrado no local.
O delegado responsável pela investigação, Rerisson Macedo, disse que ele foi morto com dois disparos de arma de fogo.

G1 To

Sobre o Autor

Araguaina News

Autor & Editor

Araguaína News é uma página destinada a compartilhar informações com toda a comunidade de Araguaína e Região.

 
ARAGUAÍNA NEWS © 2015 - Editado por: Romilson Gomes | > Templateism.com