sexta-feira, 22 de junho de 2018

EX- DIRETOR DA DERSA MOVIMENTOU R$ 50 MILHÕES EM CINCO ANOS, APONTA PF. ARAGUAÍNA NEWS


Pedro da Silva foi preso temporariamente no âmbito da Operação Pedra no Caminho, deflagrada nesta quinta

Ex-diretor de engenharia da Dersa Pedro da Silva movimentou R$ 50 milhões em cinco anos. Foto: Reprodução.

O ex-diretor de engenharia da Dersa Pedro da Silva movimentou R$ 50 milhões em cinco anos, aponta um relatório da Polícia Federal. O ex-executivo foi preso temporariamente no âmbito da Operação Pedra no Caminho, deflagrada nesta quinta (21) com objetivo de investigar desvios de recursos na construção do trecho Norte do Rodoanel, em São Paulo.
De acordo com o documento da PF, as contas vinculadas a Silva fizeram transações crédito entre fevereiro de 2013 e agosto de 2017. Boa parte dessas transações bancárias ocorreu entre empresas do próprio diretor da Dersa.
O ex-diretor de Engenharia teria realizado depósitos que totalizaram 829,8 mil. Em 2014, Silva depositou R$ 550 mil em conta de uma de suas empresas. No mesmo ano, ocorreu outro depósito, dessa vez de R$ 220 mil, para a conta da mesma empresa. Para sua conta de pessoa física, o ex-executivo guardou R$ 55,8 mil.
“O próprio Pedro da Silva é identificado como a principal origem das transações, sendo R$ 2.221.473,73 em 111 movimentações, como transferências entre contas, resgates de aplicação e depósito”, aponta a PF.
Segundo a PF, pessoas ligadas a ele podem ainda ter sido usadas como laranja. Uma dessas pessoas é Valdir dos Santos Paula, que fez transações que somaram R$ 1 milhão. Outra suspeita é Jucelene Aparecida Ferreira Dornellas, auxiliar de escritório de uma das empresas de Silva, que fez sete depósitos em espécie na conta do ex-diretor da Dersa, totalizando R$ 223,5 mil. A PF suspeita ainda de Aide Sad Junior, que efetou 11 transações para contas bancárias de uma das empresas de Silva na soma de R$ 1,8 milhão.
As investigações da PF chamam atenção pelo fluxo de movimentação entre as empresas de Silva, que ocorriam com frequência.
“Há 16 depósitos mensais em conta de Stars Bar e Restaurante LTDA, de janeiro/2014 a março/2015, cada um de R$ 17 mil, totalizando R$ 272 mil, sendo 13 identificados como origem SCJ Agro Pecuária LTDA, e 3 sem identificação, porém, pelo padrão, provavelmente tratar-se da mesma origem. Aparentemente, existe um padrão de fluxo financeiro relacionado a esses depósitos.”
Diário do poder 

Sobre o Autor

Araguaina News

Autor & Editor

Araguaína News é uma página destinada a compartilhar informações com toda a comunidade de Araguaína e Região.

 
ARAGUAÍNA NEWS © 2015 - Editado por: Romilson Gomes | > Templateism.com