terça-feira, 12 de março de 2019

Concluídos testes mecânicos para lançamento de satélite sino-brasileiro. Araguaína N


Este é o sexto satélite do Programa CBERS, parceria espacial entre o Brasil e a China

Em maio, o satélite será transportado para o Centro de Lançamento de Taiyuan, na China. Fotos: Reprodução/INPE
O satélite CBERS-4A enfrenta uma série de atividades em preparação ao seu lançamento, que será realizado no segundo semestre deste ano. Especialistas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e da Academia Chinesa de Tecnologia Espacial (CAST, na sigla em inglês) concluíram os testes de vibração acústica e senoidal, comprovando que o satélite atende às especificações do lançador.
Este é o sexto satélite do Programa CBERS, parceria espacial entre o Brasil e a China que completou 30 anos em 2018. As atividades do CBERS-4A acontecem no Laboratório de Integração e Testes (LIT) do INPE, em São José dos Campos (SP). Em maio, o satélite será transportado para o Centro de Lançamento de Taiyuan, na China.
Na câmara acústica reverberante do LIT, o satélite foi exposto a ruídos de alta intensidade, semelhantes ao que vai sofrer no lançamento. O CBERS-4A também passou por testes de vibração em cada um dos seus três eixos de referência. “O objetivo é checar a robustez mecânica do satélite e seus subsistemas e a compatibilidade dinâmica com o lançador”, informa Antonio Carlos de Oliveira Pereira Junior, que coordena o Segmento Espacial do Programa CBERS no INPE.
“Concluída a campanha de testes de vibração, realizamos o teste de abertura dos painéis solares, os testes de abertura das antenas DTS e a realização de verificação de alinhamento. Essas atividades completam os testes mecânico-dinâmicos. Em seguida, temos a preparação do satélite para o teste de simulação do ambiente espacial em câmara vácuo-térmica”, explica o coordenador.
Balanceamento e medidas – Antes da etapa de vibração, aconteceu ainda o balanceamento e medidas de propriedades de massa do satélite. O balanceamento é realizado para atender aos requisitos de posição de centro de gravidade estabelecidos pelo veículo lançador e pelo subsistema de controle de atitude e órbita. O conhecimento preciso das propriedades de massa do satélite é fundamental para o seu desempenho.
As imagens do satélite sino-brasileiro são distribuídas gratuitamente e permitem monitorar desmatamentos, verificar desastres naturais, a expansão da agricultura e das cidades, entre outras aplicações. O programa CBERS inseriu Brasil e China na categoria dos países detentores dos satélites mais utilizados em todo o mundo, como Estados Unidos (Landsat), Índia (Resourcesat) e União Europeia (Copernicus). (INPE)
Mais informações: www.cbers.inpe.br

CBERS-4A no interior da câmara acústica reverberante do LIT/INPE para os testes de vibração acústica

CBERS-4A instalado no vibrador (shaker) do LIT/INPE para os testes de vibração senoidal

Diario do poder

Sobre o Autor

Araguaína News

Autor & Editor

Araguaína News é uma página destinada a compartilhar informações com toda a comunidade de Araguaína e Região.

 
ARAGUAÍNA NEWS © 2015 - Editado por: Romilson Gomes | > Templateism.com