segunda-feira, 6 de maio de 2019

Estado afirma que fará 'melhorias' na ponte de Porto Nacional para liberar tráfego em 30 dias. Araguaína News

Ponte sobre o rio Tocantins apresenta problemas — Foto: Ademir dos Anjos/Divulgação
O governo do estado informou na tarde desta sexta-feira (3) que vai realizar melhorias na ponte de Porto Nacional e liberar o tráfego de veículos leves e caminhonetes. A travessia está interditada desde fevereiro, após a ponte apresentar problemas estruturais. Perícias foram realizadas, mas os resultados só devem sair em junho.
Conforme o governo, a Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) vai realizar obras de melhoria a partir da próxima segunda-feira (6). A previsão é que a travessia seja liberada para o tráfego de veículos em 30 dias.
Serão realizada reestruturação e impermeabilização do pavimento, substituição das juntas de dilatação, recuperação das passarelas de pedestres, revitalização da iluminação e da sinalização da ponte.
Ainda segundo o governo, devem ser construídas estruturas para restringir o acesso de alguns veículos e instalados equipamentos para monitoramento da velocidade.
O governo informou que os recursos para a obra virão do Tesouro Estadual, mas ainda não divulgou o valor ou quem vai realizar os trabalhos.
Foto detalha problema estrutural na ponte de Porto Nacional — Foto: Ademir dos Anjos/DivulgaçãoFoto detalha problema estrutural na ponte de Porto Nacional — Foto: Ademir dos Anjos/Divulgação
Foto detalha problema estrutural na ponte de Porto Nacional — Foto: Ademir dos Anjos/Divulgação
Segundo o governo, as melhorias só poderão ser feitas a partir de agora por causa do tempo necessário para aquisição dos produtos para a reforma. O Estado afirma ainda que a reforma não vai afetar o projeto de construção de uma nova ponte no local.

Entenda

A ponte sobre o rio Tocantins, na TO-255, em Porto Nacional, tem deixado os motoristas com medo da travessia há anos. A obra tem mais de 40 anos e por causa da falta de manutenção chegou a ter o tráfego de caminhões reduzido. A estrutura apresenta rachaduras e dilatações, entre outros problemas.
A travessia foi totalmente interditada para veículos de grande porte em fevereiro deste ano. Desde então, apenas motos e pedestres podem passar. Os demais veículos estão fazendo a travessia por meio de balsas.
Só que o fechamento da ponte também tem causado outros reflexos na cidade. Segundo a associação comercial, as vendas caíram quase 50% nos últimos meses. Algumas empresas fecharam e outras precisaram demitir funcionários.
Enquanto isso, os moradores ainda aguardam o resultado dos laudos sobre a real situação da ponte. O governo afirma que os primeiros resultados das perícias realizadas na estrutura devem ser divulgados a partir de junho.

G1 Tocantins 

Sobre o Autor

Araguaína News

Autor & Editor

Araguaína News é uma página destinada a compartilhar informações com toda a comunidade de Araguaína e Região.

 
ARAGUAÍNA NEWS © 2015 - Editado por: Romilson Gomes | > Templateism.com